.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. RASTREIO AUDITIVO NEONATA...

. MIELOMA MÚLTIPO

. "A DOR MENTE"

. MAIS BENEFÍCIOS DO CAFÉ

. SEMANA DA INCONTINÊNCIA U...

. HIV E SIDA

. BOAS FESTAS

. SUGESTÕES DE TEMAS?

. HIPERPLASIA BENIGNA DA PR...

. ENDOMETRIOSE

.arquivos

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

DIZ-ME O QUE COMES... E DIR-TE-EI SE É MENINA OU MENINO!


Segundo um artigo publicado na Royal Science Journal Biological Sciences, a dieta praticada pela mulher na altura da concepção pode contribuir para determinar o sexo do bebé. Assim, uma dieta hiper-calórica, incluindo pequenos-almoços regulares, pode aumentar as probabilidades de se ter um rapaz.

Os cientistas da Universidade de Exeter e Oxford procuram assim explicar a relação entre a moda das dietas baixas em calorias e a proporção do número de rapazes e raparigas no Reino Unido.

Segundo o estudo que usou uma amostra de 740 mulheres grávidas pela primeira vez no Reino Unido, 56% das mulheres que ingeriam mais calorias na altura da concepção tiveram rapazes e entre as que ingeriam menos calorias, a percentagem foi de 45%.

As mães de meninos ingeriam mais nutrientes, incluindo potássio, cálcio e vitaminas C, E e B12, e tomavam pequeno-almoço com cereais.

Nos países industrializados, tem-se registado uma diminuição ligeira nos últimos 40 anos no nascimento de bebés do sexo masculino (menos um em cada mil). E, por outro lado, têm nascido mais meninas.

Curioso no mínimo, não?


fonte: jornal "Sol"
publicado por Dreamfinder às 09:42

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De O_Resistente a 29 de Abril de 2008 às 23:04
Olá Drª Vãnia,ora aí está uma curiosidade interessante,mas aqui para nós acha que tem fundamento cientifico?
Desculpe o comentário,mas já não passava por aqui há algum tempo.
Felicidades.
De Dreamfinder a 30 de Abril de 2008 às 17:52
Fez muito bem em deixar o comentário. Eu não acredito muito nisto, mas achei realmente curioso. Existem demasiadas condicionantes no processo para que ele possa ser tornado tão linear e este resultado tão conclusivo. De qualquer forma... quem sabe?
Cumprimentos, é sempre muito bom recebê-lo.

Comentar post

.links